Buba
20 janeiro 2006
  A CANDIDATURA
SOARES
Presidente da Republica


DAS RAZÕES

PORQUE:
- Existem por vezes razões que muitas vezes
a razão desconhece

-Entre as razões e a vida
Vai a distância do homem

E sobretudo PORQUE:

O SONHO COMANDA A VIDA…


O amor de mãe. É. Quem dúvida? Mas o amor do pai também tem, – quantas vezes… – razões que o levam - às vezes - a cometer loucuras: - é o caso comovente, que diríamos dramático, dum pai que todos viram na T.V.: - a dar-se todo, a tentar in extremis ajudar o filho a construir o seu futuro - sonho do pai - que o filho falhou, na caminhada - qual Rei Mago – em direcção a Belém. A “Estrela” empalideceu: - a idade não perdoa…e o APELIDO, brasão da nova “nobreza” Laica, Republicana. Só por si, não chegou. Deixando que o filho se perdesse no caminho…

O “Caso” Soares porém, teve ainda, creio, para além desta, outras motivações entre as quais avultam, julgo, os remorsos dum crime chamado Lusaca – essa nódoa “negra” na sua consciência que para ser lavada, julgou ele, seriam necessários, suficientes e prova de perdão, uns banhos de multidão...

…Mas se perderes, Mário, havendo quem dando o entendimento a tal perder de que os portugueses não te perdoaram, tu, que te dizes ateu, para seres perdoado, pela tua consciência, só te vai restar Deus e o seu amor de Pai, por todos os seus filhos, quer sejam crentes, ateus, santos ou pecadores, portugueses leais ou traidores…

Não peço a Deus que ganhes ou percas no dia 22 na apoteose dessa palhaçada, – verdadeira nojice – a que chamam eleições. Que o resultado Seja o que Deus quiser…

Malgré tout, temos que ser nós todos a decidir com o voto, do nosso futuro. Por mim, embora desolé, mas sem alternativa, vou votar em ti. É incrível, eu sei. Mas que outra coisa posso eu… – podemos nós – todos fazer?
Que em boa verdade o que me apetecia, e não faço – por repulsiva cobardia –, era mandá-los: - a ti, ao Cavaco e aos actuais e ex-cabecilhas dos Partidos –, a todos, – para a grande puta que os pariu. Salvo o devido respeito pelas senhoras suas mães, a quem peço me perdoem – pela sinceridade – o plebeísmo da expressão.

E só para terminar, peço-te Mário que se fores eleito, faças desta vez melhor do que fizeste no passado: não viajando tanto nem levando atrás de ti – e gastando rios de dinheiro, - numerosos séquitos de cretinos, como se fosses um rei… em suma, contém-te. Gastando menos e trabalhando mais… E pelo amor de Deus, de futuro, não voltes a candidatar-te. Basta… É demais…

…E se porventura o povo já te não quiser para seres novamente Presidente da República acolhe-te de vez ao teu blog. Não, não é esse: esse é o blog do passado. Estou a falar do blog do Mário do futuro onde irei visitar-te – vencendo o cheiro da mirra – talvez em cavaqueira amena com teu filho João – (…a propósito: - Que é feito dele? Não o tenho visto na Campanha…).

”Meu Velho”. Vivemos hoje num mundo que é já o mundo do futuro, diferente do actual e já muito distante do mundo que foi o nosso: a “Mocidade ” porém, sempre igual a si mesma é hoje e como sempre foi, diferente e talvez igual à nossa: - irreverente, contestatária. Só que hoje diz mais livremente o que pensa e tem também uma diferente dinâmica gestual. Mas no fundo, bem no fundo, Mário, onde é que está o mal?
E se algo está mal diz-me, Mário, tu que és o meu candidato a Presidente da República: São eles e elas os culpados?

Já estou a ouvir o comentário de, pelo menos alguns, dos visitors do Buba: - a dizerem de si para consigo: “cabrão do velho está cada vez pior…!”

Até sempre Mário. BOA SORTE PARA TODOS NÓS, no Dia 22
salvadorprata@netcabo.pt

ARCHIVES
Setembro 2003 / Outubro 2003 / Novembro 2003 / Dezembro 2003 / Janeiro 2004 / Fevereiro 2004 / Março 2004 / Abril 2004 / Maio 2004 / Junho 2004 / Julho 2004 / Agosto 2004 / Outubro 2004 / Dezembro 2004 / Janeiro 2005 / Fevereiro 2005 / Março 2005 / Abril 2005 / Maio 2005 / Junho 2005 / Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Maio 2006 / Junho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Dezembro 2007 / Janeiro 2008 / Fevereiro 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Junho 2008 / Julho 2008 / Agosto 2008 / Novembro 2008 / Março 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Junho 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Setembro 2009 /


Powered by Blogger